Google
Custom Search

10 de abr de 2010

CRISES ESPIRITUAIS SÃO...


O que é uma crise espiritual no casamento ou na família? Uma crise espiritual é:

Um momento quando os cônjuges são tentados a ficarem longe um do outro ao invés de juntos em Cristo.
Uma palavra ou ação que espiritualmente fere o casamen¬to.
Uma decisão que precisa ser tomada e pende entre a ver-dade absoluta e um relativismo comprometedor.
Uma ofensa, conflito ou briga que faz com que um (ou ambos) dos cônjuges seja tentados a não perdoar o outro.

Uma crise espiritual pode ser complexa - como um côn¬juge que confia em Jesus e o outro que vive na incredulidade - ou simples - como um desentendimento a respeito se vão ou não à igreja num domingo de manhã.
Uma esposa, que constantemente importunava seu ma¬rido sobre assuntos espirituais, estava tendo dificuldades em acordá-lo para se prepararem para ir à igreja. "Não sou sua mãe," ela protestava. "Estou cansada de forçá-lo a se levantar e ir para igreja comigo no domingo de manhã. O que há com você?
"Mas as pessoas de lá me odeiam," o marido respondeu.
"Não, eles não o odeiam," ela retrucou.
"E o culto é chato," ele retorquiu.
"Você deveria estar adorando a Deus, não analisando o culto," ela o instruiu.
"E eles estão sempre brigando e discutindo," ele recla¬mou. "Ficaria melhor se pudesse ficar em casa ao invés de ouvir aquilo!"
"Mas você tem que ir!" a esposa insistiu.
"Por que?" ele perguntou.
"Por que você é o pregador!" ela explicou.
Sim, é uma velha história. Mas a lição permanece atual. Não importa o quanto o casal é dedicado, comprometido, ins¬truído, espiritual ou devotado a Cristo e Sua igreja, haverá épo¬cas de crise espiritual. Os casais que são parte do clero não são mais imunizados contra as crises espirituais do que os casais dos bancos. Então não devemos ficar pensando qual o seg¬mento da igreja que é mais afetado pela falta de oração - todas as pessoas e todos os casamentos enfrentarão, em algum mo¬mento, crises espirituais que construirão muralhas de falta de oração entre maridos e esposas.

Que Bom se Meu Marido Orasse Comigo
Larry Keefauver

Título original: Lord, I wish My Husband Would Pray With Me
Tradução: Maria Luisa Costa Cisterna
Editora Atos, 2002




Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe comentarios obrigado.

Postagens populares