Google
Custom Search

15 de dez de 2008

O QUE ESTÁ NO CORAÇÃO DO HOMEM?

Devemos crer em Deus através de Sua Palavra, é assim que a fé inicia, caso contrário cairemos numa falácia, o que seria uma fé errada.
Quando os escribas e fariseus viram os discípulos de Jesus comendo os pães sem lavarem as mãos, eles não os reprovariam se tivessem observado este ato através da Palavra de Deus. A Palavra nos diz que qualquer coisa que entra na boca do homem não pode contaminá-lo, pois entra em seu estômago, não no coração, e acaba saindo para fora.
Como está escrito em Marcos 7:20-23: E dizia: “O que sai do homem, isso é o que o contamina. Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vem de dentro e contaminam o homem.” Ele disse que os homens são pecadores porque já nasceram com pecados.
Você entende o que isso significa? Somos todos descendentes de Adão. Não podemos ver a verdade porque não a aceitamos nem cremos em todas as Suas Palavras. O que está no coração do homem?
“Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura”(Marcos 7:21-22). Tudo isso sai do coração do homem, desonrando a si próprio e aos outros.
Isso também está registrado no livro dos Salmos: “Quando contemplo os Teus céus, obra dos Teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem que dele Te lembres? E o filho do homem que o visites?” (Salmo 8:3-4).
Por que Ele nos visita? Ele nos visita porque nos ama. Ele nos criou, amou e teve piedade de nós, pecadores. Ele tirou todos os nossos pecados e nos fez Seu povo. “Ó Senhor, Senhor nosso, quão magnífico é o Teu nome em toda a terra.” O rei Davi entoou cânticos ao Senhor no Antigo Testamento, quando entendeu que Deus se tornaria o Salvador dos pecadores.
No Novo Testamento, o Apóstolo Paulo disse a mesma coisa. É tão surpreendente que nós, criaturas de Deus, podemos nos tornar filhos dEle. Isso só é possível através da Sua compaixão por nós, é o amor de Deus.
Tentar viver completamente de acordo com a Lei de Deus é, de certa forma, desafiá-Lo. Isso é uma idéia que vem da nossa ignorância. Não é correto vivermos sem o Seu amor enquanto lutamos para guardar a Lei. A vontade de Deus é que percebamos que é através da Lei que somos pecadores, e que creiamos na salvação pela água e pelo sangue (Espírito).
Assim está escrito em Marcos 7:20-23: “E dizia: o que sai do homem, isso é o que o contamina. Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, aprostituição, os furtos,os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem.”
Jesus disse que o que sai do homem, pecados no coração, o contamina. A comida que Deus dá não pode desonrar o homem. Todas as criaturas são limpas, mas somente as coisas que saem do homem, nossos pecados, o contamimam. Todos nós nascemos descendentes de Adão. Então, como nascemos? Nascemos com doze tipos de pecados. Não é verdade? Então, será que podemos viver sem pecado? Nós vamos continuar pecando, pois nascemos com pecado. Será que podemos parar de pecar por nós mesmos, apenas porque conhecemos a Lei? Podemos viver sem desonrar os Mandamentos? Não. Quanto mais tentamos cumprí-los, maiores dificuldades enfrentamos. Precisamos entender nosso limite e desistir. Assim, humildemente, poderemos aceitar o batismo e o sangue de Jesus que nos salva.
Todos os 613 artigos da Lei são corretos e justos. Mas os homens são pecadores desde a concespção no útero da mãe. Quando compreendemos que a Lei de Deus é correta, que nascemos pecadores e que nunca poderemos nos tornar justos por nós mesmos, perceberemos que precisamos da compaixão de Deus e que necessitamos ser salvos com a redenção de Jesus na água, no sangue e no Espírito. Quando compreendemos nossas limitações — que não podemos ser justificados por nós mesmos e que iremos para o inferno por causa dos nossos pecados — não podemos deixar de contar com a redenção de Jesus. Assim, poderemos ser libertos. Precisamos saber que não podemos ser corretos ou bons diante de Deus por nós mesmos. Por isso, temos que admitir diante dEle que somos pecadores destinados ao inferno e clamar pela Sua compaixão: “Deus, salva-me dos meus pecados e tenha piedade de mim.”
Tomemos a oração de Davi como Palavra escrita de Deus: “De maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar”(Salmo 51: 4). Ele sabia que era cheio de pecado e que era mau o bastante para ser lançado no inferno, mas ele admitiu isso diante de Deus. “Se Tu me chamaste de pecador, eu sou pecador; Se Tu me chamaste de justo, eu sou justo; Se Tu me salvaste, eu estarei salvo; E se Tu me mandaste para o inferno, irei para o inferno.”
Esta é a fé correta e a maneira pela qual somos salvos. Isto é o que devemos ser se queremos estar preparados para crer na redenção de Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe comentarios obrigado.

Postagens populares